NOTÍCIAS
GALERIAS
MURAL DE RECADOS
PARCEIROS
ANUNCIE NO SITE
BANDAS E DJ's
RÁDIOS
Cadastre-se e fique por
dentro das novidades.
Nome:
Email:
Cadastrar
Descadastrar
 
Buscar:
11/05/2018
|
Audiência Pública debaterá tombamento da Praça Dogello Goss


A população de Concórdia e as entidades interessadas estão sendo convidadas para a Audiência Pública, que vai discutir o tombamento da Praça Dogello Goss. O encontro será realizado no dia 24 de maio, a partir das 19h30, na Casa da Cultura. O tombamento faz parte do Termo de Ajustamento de Conduta (TAC), assinado pela antiga administração com o Ministério Público, para compensar o comprometimento visual da fachada do prédio da Câmara de Vereadores, com a construção da Rua Coberta.

O prédio que abriga o Legislativo é a antiga sede da prefeitura, e é um bem tombado como patrimônio histórico. Para evitar a demolição da Rua Coberta, em ação movida pelo Ministério Público, a prefeitura, naquela época, optou em aceitar as medidas propostas de preservar outros bens, como é agora o espaço da Praça Dogello Goss.

O superintendente da Fundação Municipal de Cultura, Júlio Gomes, explica que a reunião servirá para apresentar para a comunidade o Processo de Inventário da Praça Dogello Goss. Um espaço com 92 anos de história, localizada no coração de Concórdia.

"A Praça é a nossa casa, um bem histórico, com uma arquitetura única, que precisa ser preservada dentro da nossa história cultural. O objetivo também é manter as características que ainda existem, dentro das alterações que já foram realizadas no local", explica o superintendente da Fundação de Cultura.

Histórico

A Praça Dogelo Goss, começou a ser construída em 1926 e naquela época era chamada de Praça Santos Dumond. Com a emancipação do município de Concórdia, em 1934, outras mudanças aconteceram no local, levando ao atual formato. Dogello Goss, que foi prefeito nomeado de Concórdia entre 1937 e 1945, fez importantes modificações na Praça. Relatos mostram que ele "rebaixou" a altura da praça e retirou algumas árvores para colocar um mastro, com o objetivo de hastear a Bandeira Nacional. Por isto, o local passou a se chamar Praça da Bandeira.

A atual forma e denominação da praça ocorreu no ano de 1969, - a obra começou em 1967- com a construção do chafariz, concha acústica, com sala de música e os sanitários públicos, fonte sonoro -luminosa, arborização organizada em canteiros, além de um parque infantil. No ano de 2017, o chafariz passou por uma reforma completa, garantido a beleza e a segurança, para quem se encanta com as cores e com a música do local.

Importância

Gomes explica que a história da Praça representa a construção e o desenvolvimento de Concórdia, por isto da importância do tombamento. "Fica nosso convite para que toda a população participe, bem como as entidades, instituições", ressaltou ao pontuar que a audiência é importante para auxiliar os membros da Comissão Técnica do Serviço do Patrimônio Histórico, Artístico e Natural do Município de Concórdia (COTESPHAMC).
Fonte: Assessora de Imprensa
VEJA TAMBÉM
19/05/2018 - Pamela Calderolli é a Miss Concórdia 2018
18/05/2018 - Humildade e trabalho coletivo: Chape define mantra para sequência da temporada
18/05/2018 - Caça ao tesouro: Planalto tenta localizar presentes dados a Lula e Dilma
18/05/2018 - CONECTA: evento em Concórdia vai guiar sua empresa para a nova economia digital
18/05/2018 - Sacola cheia de dinheiro falso boiando no rio
18/05/2018 - Miss Concórdia ocorre nesta noite; conheça as candidatas
 
© - Ideia Good - Soluções para Internet